[1]
E. Padilha e C. Bertoncini, “Família, dignidade da pessoa humana e relativismo cultura”l, DFJ, vol. 11, nº 37, p. 105-123, dez. 2017.