EM DEFESA DA DEMOCRACIA:

UMA (RE)LEITURA DAS CONDIÇÕES DE LEGITIMIDADE DO GOVERNO PELA INCLUSÃO DOS DIREITOS SOCIOECONÔMICOS

  • Diogo Valério Félix Centro universitário de Maringá - UNICESUMAR
  • Zulmar Fachin
Palavras-chave: Legitimidade; Legalidade; Direitos sócio-econômicos; Estado Democrático de Direito; Tutela integral da pessoa humana.

Resumo

O presente estudo tem por finalidade apresentar uma leitura possível quanto ao reconhecimento e efetivação dos direitos socioeconômicos como condição de legitimação de um Estado Democrático de Direito, pelo método dedutivo. Acompanhando a leitura de Hans Kelsen e Ernest Tugendhat, o estudo apresenta os elementos conceituais para se estabelecer a legitimidade de um Estado Democrático de Direito, a partir da inclusão e tutela dos direitos socioeconômicos no sistema dos direitos humanos como condição de tutela integral da pessoa. Para tanto, a pesquisa mobiliza, em seus movimentos iniciais, as obras de Platão, a partir do conceito de nómos, e Cícero, pelo conceito de recta ratio, para o fim de apresentar o instrumental teórico no qual está inscrito o fundamento – nos primórdios da civilização ocidental – da legitimidade do governo. Em razão da ruptura com as instâncias teológica e metafísica, engendrada pelo ideário das luzes, e, no intuito de justificar a eleição do referencial teórico anteriormente mencionado, o terceiro movimento mobiliza as obras de Augusto Comte, Thomas Hobbes e Max Weber, como instrumental teórico sob o qual será fixada o objeto de investigação da presente pesquisa.

Referências

ARAÚJO, Cicero. Legitimidade, justiça e democracia: o novo contratualismo de Rawls. Lua Nova: Revista de Cultura e Política, n. 57, p. 73-85, 2002.

BOBBIO, Norberto. As ideologias e o poder em crise. Brasília: Editora UNB, 1999.

BOTTOMORE, Tom. (ed.). Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1988.

BRITO, Otávio T. de. Introdução. In: CÍCERO. Das Leis. São Paulo: Cultrix, 1967. P.8-30.

CANOTILHO, J. J. Gomes. Direito Constitucional e Teoria da Constituição. 7. ed. Coimbra: Almedina, 2003, p. 396.

CELLA, José Renato Gaziero. Weber, Kelsen, Habermas e o problema da legitimidade. Disponível em: Acessado em 17/02/2020.

CÍCERO. Das Leis. Tradução de Otávio T. de Rito. São Paulo: Cultrix, 1967

COMTE, Agusto. Curso de filosofia positiva. São Paulo: Abril Cultural, 1978. (Os Pensadores).

DAHL, Robert A. A. A democracia e seus críticos. Trad. Patrícia de Freitas Ribeiro. 2012.

FACHIN, Zulmar; SILVA, Deise Marcelino. Acesso à água potável: direito fundamental de sexta dimensão. 2ª ed. Campinas, SP: Millenniun, 2012.

MATOS, Andityas Soares de Moura Costa. A Norma Fundamental De Hans Kelsen Como Postulado Científico Rev. Fac. Direito UFMG, Belo Horizonte, n. 58, p. 41-84, jan./jun. 2011.

MAZUR, Maurício. A Dicotomia entre os Direitos de Personalidade e os Direitos Fundamentais. In: Direitos da Personalidade. MIRANDA, Jorge. RODRIGUES JÚNIOR, Otávio Luiz. FRURT, Gustavo Bonato. São Paulo: Atlas, 2012, p. 6.

GIACOIA JÚNIOR, Oswaldo. Dissonância em torno do politicamente correto: visões críticas sobre os direitos humanos. In: Racionalidade, Justiça e Direito: ensaios em filosofia do direito. Roberto Bueno (org.). Uberlândia: EDUFU, 2013.

GONÇALVES, Ana Teresa Marques. Lei e ordem na república romana: uma análise da obra de Legibus de Cícero. Justiça & História, Porto Alegre, v. 2, n. 3, p. 125-148, 2002. Disponível em http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/ri/13407.

HOBBES, Thomas. Leviatã ou Matéria, Forma e Poder de um Estado Eclesiástico e Civil; [tradução de João Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva]. São Paulo: Editora Nova Cultura, 1997.

KELSEN, Hans. Teoria pura do direito; [tradução João Baptista Machado]. São Paulo: Martins Fontes, 1999.
____. A Democracia. 2ª ed. - São Paulo: Martins Fontes, 2000.
____. Teoria Geral do Direito e do Estado; [tradução Luiz Carlos Borges]. 4ª ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2005.

PLATÃO. As Leis. Bauru: Edipro, 1999. Tradução de Edson Bini.

TUGENDHAT, Enest, A controvérsia dos direitos humanos. Revista da Faculdade de Direito da UFRGS, 'v. 17, 1999, p. 77-87.

SARLET, Wolfgang Sarlet. A Eficácia dos Direitos Fundamentais: uma teoria geral dos direitos da personalidade na perspectiva constitucional. 12. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2015, p. 29.

SÓFOCLES. A trilogia tebana. Trad. Mário da Gama Kury. 9. Ed. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2001.

VILLEY, Michel. A formação do pensamento jurídico moderno. [tradução Claudia Berliner]. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

WEBER, Max. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa; Revisão técnica de Gabriel Cohn - Brasília, DF : Editora Universidade de Brasília: São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 1999.
______. Os três tipos puros de dominação legítima. in Weber - Sociologia, vol.13, org. Gabriel Cohn, São Paulo: Ática, 1979.
Publicado
13-08-2021
Como Citar
Félix, D., & Fachin, Z. (2021). EM DEFESA DA DEMOCRACIA:. Revista Brasileira De Direitos Fundamentais & Justiça, 15(44), 105-135. https://doi.org/10.30899/dfj.v15i44.843