A dimensão filosófico-jurídica da equidade intergeracional

Reflexões sobre as obras de Hans Jonas e Edith Brown Weiss

  • Simone Hegele Bolson
Palavras-chave: Gerações Futuras, Equidade Intergeracional, Dimensão Filosófica, Responsabilidade, Dimensão Jurídica, Princípios da Equidade Intergeracional

Resumo

O presente artigo aborda a dimensão filosófica e a jurídica da equidade intergeracional e busca analisar autores consagrados que tratam do tema como o filósofo Hans Jonas e a jurista Edith Brown Weiss. Alicerça a dimensão filosófica na obra de Jonas – O Princípio Responsabilidade – trazendo a lume a teoria da responsabilidade e a necessidade de uma (nova) ética, a qual visa proteger as futuras gerações através de um dever de cuidado das presentes gerações com os recursos do Planeta Terra. Já a dimensão jurídica tem por base a obra de Brown Weiss sobre a Teoria da Equidade Intergeracional no âmbito do Direito Internacional Ambiental, essa fundada em três princípios: o da diversidade das opções; o da conservação da qualidade; o da conservação do acesso. Embora dimensões distintas, elas se interrelacionam, tanto Jonas como Brown Weiss consideram que as presentes gerações têm um compromisso ético com as futuras gerações, uma responsabilidade com a vida. Pode ser estabelecido um diálogo entre os autores a partir da interpretação de seus textos, principalmente quando convergem na busca de um ethos planetário e através de uma ética do futuro fundada na responsabilidade.

Biografia do Autor

Simone Hegele Bolson

Advogada. Doutoranda em Direito Público – Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo - RS. Mestre em Instituições Jurídico-Políticas – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis. Bacharel em História – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre - RS. simonehbolson@hotmail.com.br

Referências

ALENCASTRO, Mario Sergio. Hans Jonas e a Proposta de uma Ética para a Civilização Tecnológica. Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba: Editora UFPR, nº 19, jan./jun. 2009.
BOFF, Leonardo. Do Iceberg à Arca de Noé: o nascimento de uma ética planetária. Rio de Janeiro: Mar de Ideias, 2010.
BORDIN, Fernando Lusa. Justiça entre Gerações e a Proteção do Meio Ambiente: Um Estudo do Conceito de Equidade Intergeracional em Direito Internacional Ambiental. Revista de Direito Ambiental, São Paulo, v. 52, out./dez. 2008.
BOSSELMANN, Klaus. Direitos Humanos, Meio Ambiente e Sustentabilidade. In SARLET, Ingo Wolfgang. Estado Socioambiental e Direitos Fundamentais. Porto Alegre:
Livraria do Advogado, 2010.
BRAUDEL, Fernand. História e Ciências Sociais. 6. ed., Lisboa: Editorial Presença, 1990.
CANOTILHO, José Joaquim Gomes; LEITE, José Rubens Morato. Direito Constitucional Ambiental Brasileiro. 3. ed., São Paulo: Saraiva, 2010.
______. Juridicização da Ecologia ou Ecologização do Direito. Revista Jurídica do Urbanismo e do Ambiente. Coimbra, nº 4, dez. 1995.
CARVALHO, Délton Winter de. Dano Ambiental Futuro: a responsabilização civil pelo risco ambiental. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.
FONSECA, Lilian Simone Godoy. Hans Jonas e a Responsabilidade do Homem frente ao Desafio Biotecnológico. 468 f. Tese (Doutorado em Filosofia), Faculdade de
Filosofia e Ciências Humanas, UFMG, 2009.
FERREIRA, Heline Sivini; LEITE, José Rubens Morato (organizadores). Biocombustíveis – Fonte de Energia Sustentável?: Considerações Jurídicas, Técnicas e Éticas.
São Paulo: Saraiva, 2010.
GOSSERIES, Axel. As Teorias de Justiça entre as Gerações. Documents, UCL. Disponível em: www.uclouvain.be/cps/ucl/doc/etes/documents/Axel_portugues_revisado.pdf
HOBSBAWN, Eric. Era dos Extremos: o breve século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
JONAS, Hans. Memorias. Trad. Illana Giner Comín. Madrid: Losada, 2005.
______. O Princípio Responsabilidade. Ensaio de uma Ética para a Civilização Tecnológica. Trad. Marijane Lisboa, Luiz Barros Montez. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2006.
______. O Princípio Vida: fundamentos para uma biologia filosófica. Trad. Carlos Pereira. Petrópolis: Vozes, 2004.
______. Pour une Éthique du Futur. Paris: Payot & Rivages, 2002.
KUIAVA, Evaldo Antônio. A Responsabilidade como Princípio Ético em H. Jonas e E. Levinas: uma aproximação. Veritas, Porto Alegre, v. 51, nº 2, jun. 2006, p. 55-60.
LOVELOCK, James. A Vingança de Gaia. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2006.
Marfrig faz inventário global de gases estufa. In: IHU Online, notícias, UNISINOS. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/índex.php?option=com_noticias&Itemid=18&task=detalh... Acesso em: 20 jul. 2011
MARCHESAN, Ana Maria Moreira. A Tutela do Patrimônio Cultural sob o Enfoque do Direito Ambiental. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.
MOLINARO, Carlos Alberto. Direito Ambiental Proibição do Retrocesso. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.
______. Têm os Animais Direitos? Um Breve Percurso sobre a Proteção dos Animais no Direito Alemão. In: SARLET, Ingo Wolfgang (org). Estado Socioambiental e Direitos Fundamentais. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.
OST, François. A Natureza à Margem da Lei. Lisboa: Instituto Piaget, 1995.
PELIZZOLLI, Marcelo; MIRANDA, Erliane. Melhorado Geneticamente, Patenteado e Ameaçado: Cuidando de Si e Dignidade Humana em Tempos Biotecnológicos. Veritas, Porto Alegre, v. 53, nº 2, abr./jun. 2008, p. 73-89.
RIBEIRO, Wagner Costa. Aqüífero Guarani: Gestão Compartilhada e Soberania. Estudos Avançados 22 (64), 2008, p. 229-230.
SARLET, Ingo Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago. Direito Constitucional Ambiental: (Estudos sobre a Constituição, os Direitos Fundamentais e a Proteção do Ambiente).
São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011.
______ (org.). Estado Socioambiental e Direitos Fundamentais. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.
WEISS, Edith Brown. Climate Change, Intergeracional Equity, and International Law. Vermont Journal of Environmental Law, v. 9, p. 615-627, 2008.
______. In Fairness to Future Generations: International Law, Common Patrimony, and Intergeracional Equity. Tokyo: United Nations University, 1989.
WOLIN, Richard. Os Hijos de Heidegger: Hannah Arendt, Karl Löwith, Hans Jonas, Herbert Marcuse. Trad. Maria Condor. Madrid: Cátedra, 2003.
Publicado
30-06-2012
Como Citar
Bolson, S. (2012). A dimensão filosófico-jurídica da equidade intergeracional. Revista Brasileira De Direitos Fundamentais & Justiça, 6(19), 210-236. https://doi.org/10.30899/dfj.v6i19.315